A Memed é uma plataforma web, e por isso, para esse modelo de integração é preciso construir uma micro-aplicação web que será responsável por intermediar a comunicação entre o servidor da Memed e o serviço do MV/Tasy.

Obs:

  • A plataforma da Memed somente suporta navegadores modernos (Google Chrome, Mozilla Firefox, IE 11+).

  • Recomendamos que o desenvolvedor responsável pela integração tenha noção básica de Javascript e alguns conceitos como Event Sourcing.

  • Será preciso subir uma aplicação web no servidor do parceiro.

  • Se for usar o navegador Internet Explorer, algumas funcionalidades podem apresentar incompatibilidade. Caso isso ocorra, entre em contato com o time técnico da Memed.

Webservice / API

Será necessário um WebService/API do parceiro que abstraia os seguintes pontos:

1) Capturar as informações do atendimento, com as informações do médico e paciente dos sistemas MV/Tasy;

2) Salvar a prescrição gerada na Memed (JSON, PDF, etc.) no lado do parceiro;

3) Excluir a prescrição no lado do parceiro caso o médico exclua na Memed;

4) Excluir a prescrição na Memed caso o médico exclua no MV/Tasy.

Aplicação Intermediária

Aqui o parceiro irá desenvolver o passo a passo da integração descrito no documento abaixo:

Alguns detalhes que o desenvolvedor do parceiro deve levar em consideração:

  • A aplicação intermediária deve buscar os dados do médico e seu atendimento através do Webservice/API descrito anteriormente;

  • O código deve ser conseguir ser executado através de informações que o MV/Tasy é capaz de informar no uso do médico. Ex.: Número de atendimento e número do prontuário;

  • Código deve ser hospedado em um servidor do parceiro. Exemplo de URL para acesso: https://home.suainstituicao.com.br?num_atendimento=<NUM_ATENDIMENTO>&num_prontuario=<NUM_PRONTUARIO>&usuario=<CRM_MEDICO>

Desenho da arquitetura e detalhamento (1, 2 e 3)

1 - Aplicação Web Intermediária

A URL com os parâmetros para pegar as informações da base de dados do MV/Tasy precisará apontar para essa aplicação. Nela estará toda a lógica de como cadastrar um médico, recuperar o token de um médico já cadastrado, etc.

Ela também será responsável por incluir os scripts da Memed, definir o paciente, entre outras ações que venham a ser necessárias.

2 - Link para chamar a aplicação intermediária

Aqui deve conter a URL da aplicação web intermediária, que será aberta no webview.

3 - Módulo de prescrição da Memed

Aqui é onde o médico terá toda a inteligência da plataforma da Memed como:

  • Busca de medicamentos com uma base atualizada diariamente;

  • Alertas de interações medicamentosas e alergias;

  • Separação de vias inteligentes, levando em consideração a tarja do receituário;

  • Entre outras features.

Exemplo de como o usuário irá visualizar a Memed:

Encontrou sua resposta?